LRX Mata-Vertentes (Barbacena, Juiz de Fora, Lavras, São João Del Rei e São João Nepomuceno)

LRX Caraça-Piedade (Barão de Cocais, Caeté, Santa Bárbara e Santa Luzia)

DA FINALIDADE PRINCIPAL

1º – A Liga Regional de Xadrez – LRX, inicialmente chamada de Liga Regional de Xadrez – LRX Mata-Vertentes, foi criada em 15 de abril de 2018 com a finalidade de integrar clubes, associações e ligas municipais, proporcionando aos enxadristas uma maior interação, organização e conseqüente desenvolvimento do esporte nas cidades que integram e vierem a integrar a LRX;

É objetivo da LRX fomentar o xadrez regionalmente em Minas Gerais, unindo as cidades e buscando sempre meios e alternativas para a realização de torneios de qualidade;

É objetivo também da LRX o desenvolvimento do xadrez entre os jovens, valorizando torneios e trabalhos voltados para o meio estudantil;

Ainda dentre os objetivos da LRX está a divulgação dos benefícios que este esporte proporciona a seus praticantes:

– Desenvolve o raciocínio;

– Melhora a concentração;

– Ensina o planejamento;

– Aguça a criatividade;

– Poder de análise de conseqüências;

– Aumenta a velocidade do raciocínio;

– Trabalha a paciência; e

– Provoca a imaginação.

Parágrafo único – clubes, associações e ligas municipais serão denominados neste regulamento como Entidades;

 

DA INSCRIÇÃO E DO REGISTRO DO ENXADRISTA NA LRX

2º – Para participar regularmente dos torneios, o enxadrista deverá realizar sua inscrição na LRX, por intermédio de um formulário disponível na rede mundial de computadores, na página www.xadrezmatavertentes.com.br;

Parágrafo Único – Ao realizar a inscrição o enxadrista deverá indicar a cidade que representará e sua data de nascimento, o que facilitará sua identificação no cálculo de Rating. Pedidos de alteração de cidade serão analisados pela Coordenação da LRX. A relação de enxadristas será publicada regularmente na página da LRX;

 

DO CALENDÁRIO UNIFICADO

3º – A Liga Regional de Xadrez – LRX será responsável pela unificação do calendário no que se refere aos torneios, divididos por regiões, entre as entidades regularmente associadas;

Parágrafo Único – Preferencialmente os torneios serão marcados no primeiro e no terceiro finais de semana de cada mês;

4º – Antes de iniciar a divulgação, a entidade solicitará o agendamento e reserva de data à Coordenação da LRX. Inicialmente será analisado o pedido realizado primeiro, porém será dada preferência para a entidade que tiver realizado a menor quantidade de torneios durante o ano. Neste sentido os Coordenadores da LRX deverão usar o bom senso, ou seja, evitando-se que uma mesma entidade reserve um número excessivo de datas, em detrimento das demais entidades. Ocorrendo esta situação, os Coordenadores poderão negar o pedido de agendamento e passar a data para outra entidade. Haverá oportunidade para cada entidade se manifestar no prazo de 24h (prazo improrrogável), antes que a Coordenação decida;

5º – Se uma entidade desistir de realizar o torneio deve comunicar imediatamente à Coordenação da LRX para que sejam tomadas as providências no sentido de colocar a data novamente disponível no calendário unificado;

Parágrafo Único – A não informação da desistência e a posterior não realização do torneio retiram a prioridade da entidade nos próximos eventos;

6º – Todos terão acesso ao calendário unificado de acordo com publicação na página da LRX na rede mundial de computadores (www.xadrezmatavertentes.com.br);

7º – A publicação no Calendário Unificado, na página da LRX, implica em oficializar o torneio como sendo promovido pela Liga Regional de Xadrez – LRX;

8º – Serão evitados, ao máximo, torneios acontecendo em entidades diferentes, de uma mesma região, no mesmo dia. Porém, serão permitidos dentro de um contexto de bom senso que aconteçam torneios em cidades distintas no mesmo fim de semana;

 

DA ORGANIZAÇÃO DOS TORNEIOS

9º – Todos os torneios autorizados pela Liga Regional de Xadrez – LRX levarão sua chancela como promotora do evento. Isso implica em dizer que a logomarca da LRX deverá ser colocada em todo o material de divulgação e indicação em matérias jornalísticas;

Parágrafo Único – Os torneios de âmbito municipal e regional com a chancela da LRX não deverão indicar e/ou apresentar premiações em dinheiro. Somente torneios em âmbito estadual, nacional ou internacional poderão conter premiações em dinheiro;

10º – A organização do torneio e todas as demais providências e encargos ficam sob a responsabilidade da entidade filiada à LRX, que poderá receber ajuda e apoio de outras entidades também filiadas à LRX. Sempre que possível as demais entidades deverão cooperar com a organizadora do torneio;

11º – Preferencialmente, os torneios deverão valer rating da FMX. Os custos e taxas serão de responsabilidade da entidade organizadora;

 

DO CAMPEONATO MUNICIPAL

12º – Anualmente cada cidade poderá realizar seu Campeonato Municipal, indicando seu campeão nos ritmos clássico, rápido e blitz;

13º – A LRX indicará um período ou até mesmo uma data específica no calendário para que todas as cidades realizem seus Campeonatos Municipais no ritmo que entenderem mais pertinentes;

14º – A não realização do Campeonato Municipal significará que a cidade não terá a indicação de um campeão municipal naquele ano;

15º – Cidades com mais de uma entidade filiada à LRX deverão realizar um torneio único, uma vez que se trata do Campeão Municipal. Havendo qualquer divergência entre as entidades da mesma cidade, os coordenadores da LRX poderão interferir para decidir o melhor a ser realizado;

 

DO DEPARTAMENTO DE ENSINO

16º – Fica criado o Departamento de Ensino com o nome “Escola de Xadrez LRX”. Este departamento terá duas divisões de ensino: Divisão Presencial e Divisão Virtual (Ensino a Distância), cada Divisão com um coordenador que ficará responsável pelo desenvolvimento dos trabalhos, sob a inspeção e cooperação de um Diretor de Ensino;

17º – A Divisão Virtual do Departamento de Ensino da Escola de Xadrez LRX ficará responsável pela criação, propagação e divulgação de cursos online, via rede mundial de computadores;

18º – A Divisão Presencial do Departamento de Ensino da Escola de Xadrez LRX ficará responsável pela organização de um plano de aulas, divididos em módulos;

19º – Os cursos virtuais e presenciais farão jus a um certificado emitido pela LRX, desde que o aproveitamento do aluno seja considerado satisfatório;

 

DA ARBITRAGEM

20º – Os torneios promovidos pela LRX deverão ser arbitrados obrigatoriamente por um árbitro registrado na Confederação Brasileira de Xadrez (CBX);

21º – Fica criada uma comissão para organizar e regulamentar o trabalho dos árbitros devidamente filiados à LRX;

22º – Os árbitros deverão ser filiados À LRX e serão disponibilizados seus contatos na página da LRX;

 

DA ADMINISTRAÇÃO DA LIGA REGIONAL DE XADREZ

23º – Uma comissão de coordenadores cuidará da Administração da LRX. As cidades fundadoras da LRX, Barbacena e Juiz de Fora, indicarão três membros para composição de Coordenadores da LRX. Para efeito apenas de representatividade externa, um membro dentre os coordenadores será destacado para tal, podendo ser alterado de acordo com o evento;

 

DA FILIAÇÃO DE NOVAS ENTIDADES

24º – As entidades poderão formalizar o pedido de filiação à LRX. Os coordenadores decidirão acerca do pedido, no prazo de até 30 (trinta) dias. Para se filiar à LRX, a entidade deverá concordar com este regulamento e segui-lo, sob pena de ser excluído após decisão dos Coordenadores da LRX;

25º – Serão criadas ligas regionais, de acordo com as distâncias entre as cidades, num trabalho de integração e regionalização do Xadrez, principalmente no estado de Minas Gerais;

26º – Infringindo as normas deste regulamento ou as normas gerais das Federações de Xadrez, a Entidade fica suspensa de realizar atividades em nome da LRX até que seja decidida pela sua exclusão ou manutenção de sua filiação. O procedimento terá um relatório do ato praticado, direito de defesa e decisão dos coordenadores.

 

Minas Gerais, 29 de julho de 2018.

Com alterações em 25 de janeiro de 2019.

Leave a Comments